Skip to Main Content

ESTRUTURA E FUNÇÃO NORMAL

O sangue é um fluido extremamente complexo, composto por elementos formados (hemácias, leucócitos, plaquetas) e plasma. As células vermelhas do sangue (hemácias) constituem os elementos formados mais comuns, transportando oxigênio para as células do corpo por meio de seu componente principal, a hemoglobina. Os leucócitos geralmente estão presentes em cerca de 1/700 do número de hemácias, e funcionam como mediadores de respostas imunes a infecções ou outros estímulos inflamatórios. As plaquetas são os elementos formados que participam da coagulação. O plasma é composto amplamente por água, eletrólitos e proteínas plasmáticas. As proteínas plasmáticas mais importantes na coagulação do sangue são os fatores de coagulação. Já que circula por todo o corpo, alterações na fisiologia normal do sangue – ou de elementos formados ou de proteínas plasmáticas – podem ter consequências adversas disseminadas.

ELEMENTOS FORMADOS DO SANGUE

Anatomia

A. Medula óssea e hematopoiese

Embora os elementos formados maduros do sangue sejam bastante diferentes uns dos outros, tanto em estrutura quanto em função, todas essas células se desenvolvem a partir de uma população comum de células-tronco hematopoiéticas, localizada na medula óssea. O processo de desenvolvimento é chamado de hematopoiese e representa uma tarefa metabólica enorme para o corpo. Mais de 100 bilhões de células são produzidas todos os dias, o que faz da medula óssea um dos órgãos mais ativos do corpo. Em adultos, a maior parte da medula ativa fica nas vértebras, no esterno e nas costelas. Em crianças, a medula é mais ativa nos ossos longos.

O processo de diferenciação de célula-tronco para o estágio maduro de hemácia, granulócito, linfócito, monócito ou plaqueta é mostrado na Figura 6–1. Ainda não são evidentes quais eventos iniciais levam as células-tronco em divisão por uma via particular de desenvolvimento, mas muitos peptídeos diferentes, chamados citocinas, estão claramente envolvidos (Tabela 6–1); ver também Capítulo 3. Talvez porque os leucócitos maduros têm uma meia-vida muito mais curta na circulação, os precursores de leucócitos superam em número os precursores de hemácias em uma proporção de 3:1 na medula óssea.

FIGURA 6–1

Hematopoiese: desenvolvimento dos elementos formados do sangue a partir de células-tronco da medula óssea. As células abaixo da linha horizontal são encontradas no sangue periférico normal. As principais citocinas que estimulam cada linhagem celular a se diferenciar são mostradas. (EPO, eritropoietina; TPO, trombopoietina; CSF, fator estimulante de colônias; G, granulócito; M, macrófago; IL, interleucina; SCF, fator de célula-tronco.) Ver Tabela 6–1 para detalhes. (Redesenhada, com permissão, de Ganong WF. Review of Medical Physiology, 22nd ed. McGraw-Hill, 2005.)

TABELA 6–1Citocinas que regulam a hematopoiese

Pop-up div Successfully Displayed

This div only appears when the trigger link is hovered over. Otherwise it is hidden from view.